Emissão Online Direto ·
11.04.2013

Carnaval de Torres movimenta 9 milhões de euros na economia local

O Carnaval é um evento com um forte impacto na economia local torriense.

O que empiricamente era evidente, agora foi comprovado cientificamente por meio de um estudo efetuado pelo Grupo de Investigação em Turismo da Escola Superior de Turismo e Tecnologia do Mar do Instituto Politécnico de Leiria, o qual foi apresentado por Francisco Dias (coordenador do estudo), no dia 9 de abril, no Centro de Apoio ao Empresário, em Torres Vedras.
Esse documento apurou que, nos cinco dias do Carnaval de Torres 2013, o mesmo teve um impacto de cerca de nove milhões de euros na economia local, estimando-se que o evento tenha recebido cerca de 350 mil visitas.

Segundo o Estudo da Avaliação do Impacto Económico do Carnaval de Torres Vedras mais de 40% dos foliões que estiveram este ano no evento tinha idades até aos 25 anos e 30,9% tinha entre os 25 e os 40 anos, sendo a maioria oriunda do concelho (55%).

A procura do Carnaval de Torres Vedras, em detrimento de outros, foi justificada com o facto de ser o mais próximo do local da residência (48,2%), o mais tradicional (33,5%), ter a melhor animação (32,4%) e ter agradado nas edições anteriores (9,9%). 67% dos inquiridos mascarou-se, 37,5% veio sempre ao Carnaval torriense enquanto 22,7% veio pela primeira vez.

De acordo com o documento, em 2013 o corso de sábado à noite foi o que teve mais afluência (33,5%), semelhante à do corso de segunda-feira à noite (29,8%), à do corso de terça-feira à tarde (28,3%) e à do corso de domingo à tarde (28,1%).

Os empresários locais estimam que o carnaval teve um impacto de 31% no seu volume de negócios.

O mencionado estudo baseou-se em inquéritos feitos a 2.349 visitantes e a 168 empresários durante a edição deste ano do Carnaval de Torres.

 

Um outro estudo apresentado na referida sessão, por Uriel Oliveira, da consultora de comunicação Cision, concluiu que o carnaval vale cinco milhões de euros no mercado mediático, tendo este ano dado origem a 331 notícias em vários órgãos de comunicação nacionais e estrangeiros.

Ainda na mesma sessão o presidente da Câmara Municipal, Carlos Miguel, destacou o facto de os referidos estudos comprovarem a importância e a dimensão do Carnaval de Torres Vedras, sendo este "um assunto sério, com grande impacto nas economias locais e regionais".
Estiveram presentes na sessão de apresentação dos resultados do Estudo da Avaliação do Impacto Económico do Carnaval de Torres Vedras elementos da Câmara Municipal e da empresa municipal Promotorres, presidentes de juntas de freguesia, elementos de grupos de mascarados que participaram no Carnaval de Torres deste ano, da Real Confraria do Carnaval de Torres e de grupos carnavalescos, outros foliões, representantes de forças de segurança, empresários e órgãos de comunicação social.