Emissão Online Direto ·
01.03.2014

Quem anda à chuva não se molha... milhares de pessoas no Corso Noturno-Concurso de Mascarados

S. Pedro bem tentou fazer uma partida ao Carnaval de Torres mas milhares de pessoas estiveram na noite de sábado no Corso Noturno – Concurso de Mascarados do Carnaval de Torres Vedras.

Além dos milhares de mascarados espontâneos, estiveram a concurso 48 grupos num total de 2.300 participantes. A criatividade foi o mote para este concurso, e as máscaras, maioritariamente alusivas ao “Mundo da Televisão”, focaram-se em séries televisivas, desenhos animados e em canais de televisão generalistas e de cabo, todos candidatos ao Prémio do Público, Prémio Real Confraria e Prémio dos Grupos, a revelar no final do corso diurno de domingo.
Quatro carros alegóricos saíram também à rua, bem como o carro de Suas Altezas Reais, e, como novidade este ano, um carro de percussão, composto por 6 elementos. A encerrar este corso, o inevitável Tó’Candar que arrastou atrás de si uma multidão em delírio.

Domingo é dia de Corso Diurno, com início marcado para as 14h30.
Oito carros alegóricos irão sair à rua, carregados de sátira social e politica local, nacional e internacional: “Cami e os seu 5 gladiadores”, carro de política local; “Primeiro a sair”, numa luta dos políticos nacionais pela saída do (des)governo; “Portákus”, carro comandado pela “ditadora” Merkel; “Amor num Troikanic”, numa alusão ao romance entre Paulo Portas e Pedro Passos Coelho; “Desportistas de Sofá”, para ano de mundial de futebol; “Reality Shit”, carro que reflete a luta pelas audiências e em que o nosso Zé Povinho, totalmente despido, simboliza o povo português; e também “Lost – Perdidos”, numa alusão à queda do avião da série televisiva e também à queda do país.
Zés Pereiras, cabeçudos, grupos de mascarados, matrafonas, Marias Cachuras e muito outros grupos carnavalescos marcarão também presença.

A animação continua nos palcos, bares e discotecas da cidade até de manhã.