Emissão Online Direto ·
16.02.2015

Baile Tradição, Corso Trapalhão e Concurso de Matrafonas marcaram esta segunda-feira

 

A criatividade dos seniores da região foi dada a conhecer no Baile Tradição-Máscaras que se realizou esta tarde, na Expotorres, e que contou com a presença de centenas de seniores. A concurso estiveram 17 IPSSs, num total de 300 participantes, tendo o grupo “Matrimónio”, do Lar S. Francisco do Varatojo ficado em primeiro lugar. Em segundo lugar ficou o grupo “Amor no Titanic”, do Centro Social e Paroquial de N. Sra. da Luz, e, em terceiro, ficou o grupo “A galinha namora a sopeira à janela”, do Centro Social e Paroquial da Silveira.

À noite o ponto alto deste dia, o Corso Trapalhão, a organização mais desorganizada do país. Dez carros espontâneos percorreram as ruas, sempre com o tema Amor como destaque, uns mais provocantes e atrevidos que outros, e todos com muita e boa disposição. Também 3 carros alegóricos percorreram as ruas, muitos foliões, os habituais grupos carnavalescos, grupos de música, cabeçudos e matrafonas.

Falando em matrafonas, ícone do carnaval de Torres Vedras, realizou-se pelo segundo ano consecutivo o Concurso de Matrafonas, o qual contou com 94 participações. A matrafona vencedora foi Nélson Faustino. Em segundo e terceiro lugar ficaram Daniel Bretes e Abílio Silva, respetivamente. Nélson Fonseca, o vencedor, ganha assim 3 kits para 2016, produtos oficiais do Carnaval de Torres e uma noite para 2 pessoas no Ô Hotel Golf Mar. Todos os participantes ganharam uma matrafónica.

Para terça-feira, a partir das 14h30, está marcado o último corso deste ano, com os tradicionais carros alegóricos e carros do Reis, e onde se ficarão também a conhecer os vencedores do Concurso de grupos de Mascarados, ao final do dia.

Quarta-feira, a partir das 21h30, é noite de Enterro do Entrudo, com o cortejo a sair da sede da Real Confraria do Carnaval, na avenida Tenente Valentim, com passagem pelo Monumento ao Carnaval, na praça da República, e julgamento marcado junto ao Tribunal de Torres Vedras.

Porque a vida são dois dias e o Carnaval de Torres são 6!