Emissão Online Direto ·
09.02.2016

Foliões Torrienses queimam os últimos cartuxos

Terça-feira Gorda trouxe novamente milhares de pessoas a visitar Torres Vedras, a juntar aos milhares de participantes que animaram o último corso do Carnaval de 2016.

Desengane-se quem julga que os foliões estavam cansados de tantos dias de festa rija porque hoje o pensamento foi o de descarregar a bateria por completo. O Corso arrancou ao início da tarde e ficou rapidamente preenchido pelos 8 carros alegóricos carregados de sátira política e social, pelos 42 grupos de mascarados que "espalharam" criatividade, pelos carros espontâneos, pelos bombos dos zés-pereiras e pelos cabeçudos. Os Cavalinhos (elementos de bandas filarmónicas) do Concelho de Torres Vedras deram, ainda, ritmo a todo o desfile.
A tarde decorreu com muita alegria, com o espírito deste Carnaval a sobressair pela enorme energia que todos os foliões imprimiram ao corso. Energia e vontade de aproveitar até ao último minuto esta festa que faz parte da identidade cultural de todos os torrienses. Mas o Carnaval de Torres Vedras é, cada vez mais, de Portugal inteiro, dado que recebemos um número crescente de pessoas vindas de todos os pontos do país.

Depois de uma volta apeada ao corso em que se despediu dos seus súbditos, a Rainha do Carnaval de Torres (Pedro Adam) depositou o "abanico real", que foi seu por 10 anos, e terminou o seu reinado.

Amanhã, Quarta-Feira de Cinzas, despedimo-nos, com muita pena, do Carnaval mais português de Portugal, com a realização do Enterro do Entrudo, muito sentido e bem carpido (a partir das 21h00, da Praça da República ao Tribunal).
Prometemos regressar em breve com mais novidades!

O Carnaval de Torres Vedras regressa em 2017, com a mesma força e animação.