Emissão Online Direto ·
20.01.2010

Deixe-se “invadir” pelo Carnaval mais português de Portugal

A folia já está no ar! O programa do Carnaval de Torres está fechado e já se vive o espírito do Carnaval mais português de Portugal. De 12 a 17 de Fevereiro, Torres Vedras será a cidade que nunca dorme!

Subordinado ao tema “Invasões”, dado que se comemora o Bicentenário das Linhas de Torres Vedras, espera-se que o Carnaval seja visitado e participado por cerca de 300 mil pessoas.

Já no dia 23 de Janeiro inaugura o Monumento do Carnaval, pelas 12h00, na Praça da República. Emblema do evento, espanta pelas suas dimensões e espectacularidade assentes na sátira política e social.

A entronização e recepção aos Reis do Carnaval de Torres (11 e 12 Fevereiro), dois homens por tradição, são também momentos altos. O presidente da câmara municipal entrega-lhes as Chaves da Cidade e, a partir desse momento, são eles que reinam.

Na Sexta-Feira (12 de Fevereiro), destaque para as cerca de 7800 crianças, dos vários estabelecimentos de ensino do Concelho de Torres Vedras, que participam no Corso Escolar, marcando o início das festividades e que confere um colorido e animação muito especiais à cidade. Esta actividade será acompanhada por mais de mil auxiliares de acção educativa, professores e educadores de infância.

4500 pessoas são esperadas para participar no Concurso de Mascarados de Sábado à noite onde grupos organizados de foliões mostram o trabalho desenvolvido durante meses. Quando se determina o tema é preciso pensar, organizar e executar…máscaras que são uma manifestação da originalidade dos torrienses.

No Domingo (14 de Fevereiro) e Terça-Feira (16 de Fevereiro) será mostrado o trabalho desenvolvido por artistas da terra, nos Corsos Diurnos, com os monumentais carros alegóricos, os mascarados, as matrafonas, os cabeçudos e os “Zés-Pereira”. O Tócandar, carro de som de grandes dimensões que arrasta multidões a dançar, e a Banda Baco contribuem para a animação.
Não se conhece verdadeiramente o Carnaval de Torres Vedras sem se passar pelas ruas centrais da cidade à noite. São dezenas de milhar de pessoas que dançam e se divertem toda a noite sempre num ambiente saudável de brincadeira e de boa disposição. Na Praça Machado Santos (Praça da Batata), nos Jardins de Santiago e no Largo de São Pedro garante-se animação até de madrugada com as Dj’s Carnaval Party.

A Segunda-Feira (15 Fevereiro) também é de arromba. Grupos seniores participam no Baile de Máscaras Tradição, uma iniciativa onde muitos seniores do Concelho de Torres Vedras e dos Concelhos de Lourinhã, Sobral de Monte Agraço e Cadaval convivem numa tarde muito bem passada.
À Noite regressa a folia, num desfile onde a espontaneidade traz novamente milhares de mascarados à rua. É o Corso Trapalhão a animar as ruas da cidade.

O Enterro do Entrudo (17 Fevereiro) marca o fim de um ciclo numa acção onde se julga e executa o Rei do Carnaval, num espectáculo de pura sátira que encerra com fogo de artifício.
Caracterizado pela sua espontaneidade, originalidade e sátira política e social, o Carnaval de Torres Vedras mantém-se como o mais português de Portugal.


Consulte o programa do Carnaval de Torres Vedras 2010.


A entrada nos Corsos de Sábado à noite, Domingo e Terça-Feira tem um custo de €5 /pessoa. O livre-trânsito para estes três Corsos custa € 10/ pessoa. Para menores de 10 anos e nas restantes actividades a entrada é livre.