Emissão Online Direto ·
14.01.2013

Carnaval de Torres 2013 mantém tradição

 
Decorreu esta tarde a conferência de imprensa de apresentação do Carnaval de Torres Vedras 2013.
Sob o olhar atento de Pedro Passos Coelho e Aníbal Cavaco Silva, foram apresentados os principais aspetos da organização deste evento para 2013, como o orçamento, o programa, o número de visitantes esperados ou os carros alegóricos e foram apresentadas as principais novidades do Carnaval mais português de Portugal.


A primeira novidade prende-se com o encerramento do perímetro do Corso Trapalhão, o corso noturno de segunda-feira, que por razões de segurança passará a ter entrada paga. Com efeito, o corso terá entrada paga até às 04h00 e o custo é de 5 € por pessoa. Pretende-se, segundo a Organização do evento, garantir um maior controlo do número de pessoas dispersas pelo perímetro do corso e, o facto de o livre-trânsito continuar a custar 10 € (agora pelos 4 corsos), não representa um custo acrescido aos visitantes assíduos do Carnaval de Torres. A partir deste ano, os carros alegóricos passam a sair à rua na noite de segunda-feira e há a reintrodução do tradicional mas reciclado "cocote".


Porque a tradição se mantém em Torres Vedras, o corso diurno de terça-feira sai à rua e a entrada é paga. A Organização garante o acompanhamento, por assistentes, de todos os que necessitam de utilizar serviços públicos em funcionamento nesse dia, dentro do perímetro do corso. Mas porque os tempos estão difíceis para todos, qualquer desempregado de Portugal, desde que inscrito num Centro de Emprego do país, que apresente uma declaração datada de 2013 comprovativa da sua situação e documento de identificação, poderá entrar gratuitamente no corso de terça-feira.

 

"Reduzimos", "Reciclámos", "reutilizámos", criámos a partir do existente... mas nunca rompemos com a tradição!